Blog – Aline Néris

Excesso de informação, escassez de conhecimento

O conhecimento, muito valorizado em nossa sociedade, pode ser obtido de duas maneiras: uma por meio de experimentações e vivências, que nos levam ao chamado conhecimento empírico, e outra por meio das informações. Essa segunda tem sido desde a Idade Moderna a mais buscada pelo homem.
Considerando-se que vivemos a Era Digital, na qual a informação se propaga por um espaço maior em tempo cada vez menor, e que a cada dia uma maior quantidade de pessoas tem acesso a essas informações, nós deveríamos viver também a Era do Conhecimento. Porém, as pessoas de modo geral não estão sabendo trabalhar com tantas informações e muitas vezes não sabem como transformá-las em conhecimento.
Apesar de dispormos de mais informações e de mais acesso a elas, a nossa capacidade de absorvê-las permanece a mesma. Se por um lado a informação soa como sinônimo de conhecimento, por outro as pessoas têm caído nas armadilhas do excesso de informações.
Ter conhecimento de um elevado número de informações é exigido cada vez mais pelo mercado de trabalho, tornando-se, inclusive, um importante fator de competição profissional e até mesmo estudantil. Entretanto, de nada adianta ter as informações se não se sabe trabalhá-las.
É preciso munir-se de informações, no entanto, mais necessário ainda é saber absorver apenas as que forem coerentes, filtrando-as para usá-las como base para o conhecimento.

*Escrito no ano de 2010 em uma aula de redação do curso pré-vestibular Objetivo.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: